A Clínica

A

Experiência

Possuímos uma equipe de profissionais experientes no tratamento de dependência química e que desenvolve em conjunto uma metodologia diferenciada e seguramente eficaz.

Profissionais

Psicólogos, terapeutas holísticos (12 passos) e terapeuta ocupacional, médicos, equipe de enfermagem e assistentes sociais formam nosso corpo de atendimento e reabilitação.

Tradição

Fundada por profissionais que sentiram a necessidade de oferecer aos dependentes químicos um tratamento confortável e eficienteaz. Assim, há mais de uma década nasceu a Clínica Recanto da Paz.

Você não está só! Nós dispomos da ajuda adequada e profissional para tratar dependência química.

A Clínica Terapêutica Recanto da Paz tem por objetivo o tratamento de dependência química. Nossa equipe de profissionais prioriza o total apoio ao dependente no processo de recuperação de seus valores morais, comportamentais e espirituais, numa filosofia de tratamento que direciona o dependente químico ao reencontro social, familiar e cultural.
PROFISSIONAIS

A Clínica Terapêutica Recanto da Paz foi fundada por profissionais que sentiram a necessidade de um tratamento mais eficaz para pessoas com dependência de álcool e drogas. E também pela dificuldade que as famílias sentem em lidar com este tipo de problema, encontrado pelo menos em um de cada cinco lares das cidades brasileiras.

Nossa equipe de trabalho é formada por profissionais da área, como: terapeutas, psicólogos, psiquiatras, enfermagem e profissionais especializados para melhor atender nossos pacientes.

 

Normas

N

Nossa equipe médica e de enfermagem conta com profissionais da área de psiquiatria e de enfermagem.

Reunião de Sentimentos
Se expressando...
Essa reunião tem como objetivo fazer com que o paciente reconheça e partilhe seus sentimentos. É uma forma de contribuir para o auto-conhecimento, e também de construir reuniões onde o grupo poderá contribuir através de feedback uns para os outros. Possibilitando melhora do comportamento.

Palestras
Palestras de membros de NA e AA.

Psicoterapia Individual
Crescendo...
É a terapia individual com o profissional especializado, e tem como propósito aprender e desenvolver técnicas de como lidar com os conflitos pessoais e com seus impulsos, buscando assim seu equilíbrio psíquico.

Reunião de Confronto
Buscando o equilíbrio...
O confronto é uma reunião em que o paciente ouve seus companheiros apontarem seus defeitos e qualidades apresentados no decorrer da semana. Este confronto é feito através de sinalizações dos defeitos e das qualidades. O paciente também se auto avalia, identificando aspectos de seu próprio comportamento, possibilitando assim, melhora em seu comportamento.

Os Doze Passos

1.º Passo
Admitimos que éramos impotentes perante nossa adicção (dependência) e que nossas vidas tinham se tornado incontroláveis.O estudo do 1.º Passo compreende as 16 primeiras tarefas, que se inicia com uma retrospectiva da semana anterior à sua vinda para a comunidade, para que ele tenha uma visão de sua atual condição. Depois é feito um histórico de vida e um esclarecimento sobre o surgimento e os efeitos dos tóxicos ou álcool. É feito também um relato com os fatos que o fizeram vir para a comunidade. E também o por quê precisa e por que decidiu passar pelo tratamento. Nas tarefas de 08 à 14, são trabalhados aspectos da vida pregressa, onde são relatados situações de culpa, vergonha, humilhação, desonestidade, orgulho, agressividade, prostituição e irresponsabilidade, ocasionadas pelo uso de tóxicos ou álcool.

2.º Passo
Viemos a acreditar que um Poder maior do que nós poderia devolver-nos a sanidade.O estudo deste passo compreende as tarefas de números 17 à 27. São identificadas as parcelas de responsabilidade do residente na sua história de mágoas, perdas, conflitos e abandonos. Será feita uma lista de raivas e ressentimentos. E relatará também situações em que era importante que não usasse drogas e usou, situações de intolerância e situações de comportamento doentio. Indicará onde em seu corpo foi prejudicado. Será feita uma lista de tudo o que perdeu, deixou de ganhar, fazer ou construir pelo uso de tóxicos ou álcool.

3.º Passo
Decidimos entregar nossa vontade e nossas vidas aos cuidados de Deus, da maneira como nós O compreendemos.Neste passo são relatadas situações onde tentaram controlar pessoas, situações e coisas. Também situações onde tentaram controlar e ficaram com raiva por não conseguir. Faz-se também uma avaliação de seus familiares, identificando seus aspectos positivos e negativos, bem como a qualidade do seu relacionamento.

4.º Passo
Fizemos um profundo e destemido inventário moral de nós mesmos.Escrevem-se cartas separadas aos familiares, colocando o que gostariam de ter dito a eles e não tiveram oportunidade ou coragem, bem como cartas-respostas colocando tudo o que acham que eles lhe responderiam e o que gostaria que lhe respondessem. Faz-se também o exercício do espelho com o intuito de elevar a auto-estima. além de uma lista dos medos atuais, relatando-se os comportamentos e situações que não quiseram trazer à público e as apresenta ao seu conselheiro. Por fim, faz seu inventário pessoal e moral.

5.º Passo
Admitimos a Deus, a nós mesmos e a outro ser humano a natureza exata de nossas falhas.É partilhado então seu inventário com um membro da equipe, por ele escolhido. Faz-se enfim sua lista de metas que irá cumprir no seu programa de Ressocialização, que consiste em sua saída da instituição, após 45 dias de internação, dependendo de avaliação da Equipe Técnica da Instituição, quando terá direito de, uma vez por mês, sair na sexta feira e retornar na segunda feira. Ao retornar, fará um relato de quais metas foram cumpridas, como foi seu comportamento e quais foram seus sentimentos.

6.º Passo
Prontificamo-nos inteiramente a deixar que Deus removesse todos os nossos defeitos de caráter.Neste passo o residente identifica e reconhece seus próprios defeitos, preparando-se, desta forma, a se desvincular dos mesmos, contando sempre com o auxílio da Equipe de Apoio da Instituição.

7.º Passo
Humildemente pedimos a Ele que removesse todos os nossos defeitos.Neste passo,o residente pede com humildade ao nosso Poder Superior a remoção daqueles defeitos identificados no passo anterior. As tarefas relacionadas a este passo estarão sempre relacionadas aos defeitos comportamentais ou de caráter do residente.

8.º Passo
Fizemos uma lista de todas as pessoas que tínhamos prejudicado, e dispusemo-nos a fazer reparações a todas elas.Neste passo é elaborado uma lista das pessoas às quais o dependente causou prejuízos. As tarefas desse passo levam o residente a admitir erros e ser honesto no propósito de reparar erros cometidos.

9.º Passo
Fizemos reparações diretas a tais pessoas, sempre que possível, exceto quando fazê-lo pudesse prejudicá-lo ou prejudicar a outras pessoas.Faz-se uma lista das pessoas que prejudicou, dizendo os danos causados e de que maneira serão feitas as reparações.

10º Passo
Continuamos fazendo um inventário pessoal e, quando estávamos errados, nós o admitíamos prontamente.Este passo é praticado durante o tratamento inteiro através das Reuniões de Sentimento e de Confronto.

11º Passo
Procuramos, através de prece e meditação, melhorar o nosso contato consciente com Deus, da maneira como nós O compreendemos, rogando apenas o conhecimento da Sua vontade em relação a nós e o poder de realizar esta vontade.Faz-se contatos diários e conscientes com o nosso Poder Superior.

12º Passo
Tendo experimentado um despertar espiritual, como resultado destes passos, procuramos levar esta mensagem a outros adictos e praticar estes princípios em todas as nossas atividades.Pratica-se o 12.º Passo, levando mensagens e ajuda aos novos residentes. Faz-se uma retrospectiva de todo o tratamento, relatando dificuldades encontradas e como ocorreram as mudanças de comportamento e compreensão de suas vidas. Enfim, faz-se um plano de vida realista, para os próximos 6 meses, nas áreas de: recuperação da nossa dependência, além da recuperação espiritual, familiar, moradia, educacional, cultural, profissional, esporte, lazer e sexual.

NORMAS DA CLÍNICA
INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA FAMILIARES:
Tratamento:
- O tempo de tratamento é de no mínimo 6 meses e de no máximo de 12 meses, prazo que poderá ser prorrogado de acordo com avaliação da equipe médica e técnica da clinica e previamente acordado com a família.
- Durante o tratamento, os pacientes participarão de diversas atividades, tais como: reuniões de 12 passos, reuniões de sentimento, espiritualidade ecumênica, atividades de manutenção da unidade (limpeza da casa, horta, etc), dentre outras.
Documentos necessários para internação:
- RG ou certidão de nascimento;
- Cartão do SUS;
- No caso do paciente precisar ser afastado por auxílio-doença, é necessário trazer também: CPF, CTPS, Cartão cidadão ou cartão do PIS/PASEP;
- RG e CPF do familiar responsável pela internação.

ADOLESCENTES MATRICULADOS NA ESCOLA:
- Comprovante de matricula escolar (declaração da escola que está matriculado)

ADOLESCENTES NÃO MATRICULADOS NA ESCOLA:
- Certidão de nascimento original;
- Histórico escolar original;
- 1 foto 3x4;
- RA (Carteirinha escolar original).

Materiais necessários para internação:
(SOMENTE SERÁ PERMITIDA A ENTRADA DA QUANTIDADE ESTIPULADA ABAIXO):
- 3 calças
- 3 blusas de frio
- 7 camisetas ou blusas (não poderá usar roupas decotadas ou curtas)
- 7 bermudas (na altura do joelho)
- 2 jogos de cama
- 2 toalhas de banho
- 1 travesseiro
- 1 cobertor ou 1 edredom
- creme dental
- sabonete
- xampú e condicionador
- hidratante
- sabão em pó
- gilete
- 7 peças íntimas
- 1 chinelo
- 1 tênis
- repelente
- desodorante rolon
- bíblia
- 1 caderno
- canetas, envelopes de carta e selo
- R$ 12,00 para material didático

IMPORTANTE:
Não enviar nenhum objeto ou roupa de valor para os pacientes, pois a Clínica não se responsabiliza pela reposição dos mesmos em caso de perda.
Visitas familiares:
- 1ª visita: poderá ser feita após 30 dias da data de internação;
- As visitas seguintes poderão ser realizadas após 30 dias da data da última visita.

IMPORTANTE:
- As visitas deverão ser agendadas por telefone antecipadamente;
- Todas as visitas terão duração de 2 horas e serão acompanhadas;
- As visitas são restritas somente a familiares, no máximo de 5 pessoas, que deverão ser previamente autorizados pela coordenação.
- O transporte para as visitas é de responsabilidade dos familiares, para a 1ª visita será fornecido um mapa de acesso à unidade.
- NÃO É PERMITIDO A ENTRADA DE FAMILIARES USUÁRIOS DE ENTORPECENTES NA UNIDADE.

Telefonemas:
Somente serão autorizadas ligações telefônicas na impossibilidade da família comparecer as visitas.
Contato com familiares:
O contato com familiares poderá ser feito através de cartas ou e-mail, que serão centralizados no escritório, com periodicidade quinzenal.
Obs: Todas as correspondências serão triadas pela equipe de psicologia.

Caixinha:
A família poderá deixar um depósito (no valor que desejar) no escritório para compra de materiais de higiene, cigarros ou guloseimas, a compra é feita pelo escritório quinzenalmente e as Notas Fiscais referente a compra estarão disponíveis no escritório para conferência se necessário.

Caixa Econômica Federal
Ag: 3605
Operação: 003
Conta: 196-3
Titular: Centro de Reabilitação para Dependentes Químicos Viver Ltda
CNPJ: 18.476.866/0001-39
- NO CASO DE DEPÓSITO NA CONTA DA CLÍNICA, É FUNDAMENTAL QUE A FAMÍLIA LIGUE AVISANDO O
ESCRITÓRIO, POIS SOMENTE DESSA FORMA PODEREMOS IDENTIFICAR O DEPOSITANTE.

Atendimento médico e odontológico:
A clínica disponibiliza equipe médica (médico, enfermeiro) para atendimento referente ao tratamento de dependência química/alcoolismo ou em casos de emergências.

Não serão feitos exames de check-up, tratamento odontológico ou ortodôntico, em caso de emergência odontológica disponibilizamos o serviço da empresa ADOM, que dispõe de atendimento odontológico nas unidades, porém, terá o custo de R$ 200,00 por consulta, que deverá ser previamente pago no escritório ou diretamente para a ADOM.
O atendimento externo se restringe acasos de emergências ou quando a equipe médica da Clínica julgar necessário.

Transporte*:
Em casos de necessidade de deslocamento do paciente para exames, pericias (INSS), atendimento médico externo, dentre outros, será cobrado da família o valor de transporte, conforme quadro abaixo:

- Não será cobrado o transporte em casos de emergências médicas.

OBS: Pacientes com internação compulsória só sairão para realização pericia Médica (Auxílio-Doença e demais benefícios) desde que o paciente possua autorização judicial para esse fim. O custo do transporte, segue no item acima.

As psicólogas fazem atendimento às famílias dos pacientes via telefone ou presencialmente, informar com antecedência para que a psicóloga se organize para realizar o atendimento.

AMBOS OS ATENDIMENTOS DEVERÃO SER PREVIAMENTE AGENDADOS NO ESCRITÓRIO.

Orientação a familiares / Reuniões de apoio:

Semanalmente temos reunião de apoio e orientação para familiares dos pacientes, é fundamental a participação, pois durante essas reuniões as famílias serão orientadas sobre o tratamento, processo de recuperação, dentre outros aspectos importantes para a recuperação do paciente e da família.

- Em Limeira as reuniões acontecem no escritório, todas as quintas- feira, das 20h00 ás 22h00.

Observações: Informações sobre pacientes, marcar visitas, agendar psicóloga, entrar em contato em horário comercial nos números do escritório (19) 3497-2492, (19) 3442-7847, (19) 2114-3116, (19) 2114-3117.

Contate-nos

C

Cadastre seu e-mail

C